Designer têxtil Celaine Refosco lança coleção de tecidos com técnicas mistas de estamparia. Os tecidos servem como tela para a artista, que utiliza neste trabalho técnicas mistas de estamparia.

Designer têxtil Celaine Refosco lança coleção de tecidos com técnicas mistas de estamparia.

Panos para vestir, para estender à beira da praia como canga ou mesmo como toalha de picnic num fim de tarde. Panos que viram manta, adornam a casa, aquecem nos dias frios. Panos em suas inúmeras funções, as mais ordinárias possíveis. “Panos” é nome da nova criação da artista visual e designer têxtil Celaine Refosco, denominada como efêmera, que trata da sutileza e beleza da natureza.

“Sempre vi nos tecidos um componente feminino. Vi panos como expressão de cuidado e de conforto. Como expressão de cultura e de individualidade. Gosto de panos como objetos, como resultado de um sistema produtivo”, conta a criativa.

Os tecidos servem como tela para a artista, que utiliza neste trabalho técnicas mistas de estamparia, incluindo a Ecoprint. No método, as impressões são tingidas naturalmente tendo como moldes flores, folhas, frutos e raízes.

“São processos lentos, de resultados imprecisos, profundamente perfumados, artesanais. Parece que há magia envolvida!”, conceitua. A produção é pequena, do tamanho possível para quem faz tudo sozinha. E assim Celaine quer seguir.

A coleção marca nova fase da criativa no mercado após encerrar ciclo de uma década à frente do Instituto Orbitato. Era necessário viver uma pausa para se reencontrar verdadeiramente em outro caminho, no tempo que fosse preciso amadurecer a proposta. Ela respeitou esse momento. O trabalho nasce como a materialização dessa essência, atitude e coragem.

Comercializado diretamente pela artista no Instagram – contato que Celaine deseja manter próximo – , o acervo também caiu nas graças do estilista e amigo Ronaldo Fraga, que abriu espaço no seu Grande Hotel Ronaldo Fraga, em Belo Horizonte, para apresentar com exclusividade as peças.

Se já não fosse o bastante, ainda tem outros desfechos desta história. Ela se prepara para a estreia do Conexo, partir de maio, na rádio Página 2, em Timbó. O programa irá abordar a riqueza das relações fortalecidas durante o período que trabalhou no Instituto Orbitato, um centro de estudos em criatividade e linguagem que tornou-se referência para criativos da moda, design, arte Brasil afora, localizado em Pomerode.

“Ao final do Orbitato, havia construído uma rede enorme de pessoas, assuntos e entendimentos, que de certa forma, ficou interrompida. A ideia do programa de rádio surgiu daí, das perguntas que eu não tinha feito e das relações que eu queria manter”,

confessa a empreendedora, mais do que nunca interessada em pessoas, em construir conhecimento e pensamento do que satisfazer a fome inesgotável do mercado.

Em destaque: Celaine Refosco, designer têxtil | Foto: Taís Mahs/Divulgação