Se o marketing sempre foi um importante aliado para as marcas de luxo, nos dias de hoje, sua versão digital é a que vem conquistando um espaço cada vez maior nas estratégias e planejamentos estratégicos.

Se o marketing sempre foi um importante aliado para as marcas de luxo, nos dias de hoje, sua versão digital é a que vem conquistando um espaço cada vez maior nas estratégias e planejamentos estratégicos. Isso pode ser facilmente comprovado por meio da constatação de que nas mais populares redes sociais do mundo, o Facebook e o Instagram, praticamente todas as grifes de luxo possuem perfis ativos.

E se as mídias sociais podem ser percebidas como um dos principais exemplos de estratégia ligada ao marketing digital, essa área de conhecimento é ampla e inclui ações que vão desde a elaboração de newsletter até a curadoria de conteúdo relevante a ser postado e veiculado nos principais canais de veiculação.

Uma pesquisa recentemente realizada pela Gartner, organização especializada em consultoria e estudo de mercado, identificou que entre as empresas que possuem movimentação financeira na ordem de US$ 250 milhões por ano, tanto na América do Norte quanto no Reino Unido, aproximadamente 67% têm planos de ampliar os gastos com marketing digital ainda neste ano.

Além do aumento no investimento nas estratégias de marketing voltadas ao universo online, o estudo também identificou que a tecnologia será outro ponto estratégico de aporte de valores. Segundo o relatório, 10% do orçamento total das organizações pesquisadas deve ter como prioridade a inovação.

Esse estudo, de certa forma, reflete a ideia de que investimentos na internet e nas redes sociais, atualmente, devem fazer parte do planejamento de marketing de empresas de qualquer área e de qualquer tamanho. Se a propaganda é a alma do negócio, hoje, mais do que nunca, o marketing digital se tornou o seu coração.

 

Foto:Reprodução

 

* Manu Berger, colunista mercado de luxo. Escreve mensalmente neste espaço. Contato: manuberger@terapiadoluxo.com.br