Nos últimos dois anos, no momento em que o País atravessou um período econômico complicado, deixando os empreendedores inibidos, a Associação de Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina (ADVB/SC) buscou passar uma mensagem de estímulo, mostrando que entre os que incentivam os negócios estão esses profissionais, por meio de suas estratégias de posicionamento.

NOVA GESTÃO DA ADVB/SC QUER DEMONSTRAR COMO SEGMENTO PODE AGREGAR VALOR ÀS ORGANIZAÇÕES


Nos últimos dois anos, no momento em que o País atravessou um período econômico complicado, deixando os empreendedores inibidos, a Associação de Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina (ADVB/SC) buscou passar uma mensagem de estímulo, mostrando que entre os que incentivam os negócios estão esses profissionais, por meio de suas estratégias de posicionamento. O lema era “Estratégias que movem o mercado”.

Agora, no momento da retomada do crescimento que coincide com o início da gestão da nova diretoria da entidade, empossada em fevereiro, o planejamento das ações foi elaborado a partir da ideia de que marketing e vendas cumprem um papel estratégico nas empresas, fazendo primeiro com que elas desenvolvam marcas, que, por sua vez, vão gerar riqueza e agregar valor às organizações.

“Trabalhamos neste momento o conceito ‘Estratégias que geram valor’. Essa escolha segue a lógica de que Santa Catarina é um Estado valorizado por seus produtos e serviços de qualidade, mas tem poucas marcas reconhecidas.

Queremos mostrar a importância de gerar valor, destacando que isso torna as empresas mais competitivas e faz com que toda a cadeia produtiva – composta pelos colaboradores, parceiros e fornecedores – se desenvolva junto. Devemos ter como meta o objetivo de que Santa Catarina tenha mais marcas globais”, explica o executivo Delton Batista, o novo presidente da ADVB/SC.

Segundo ele, por meio de uma consulta feita junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), foi possível constatar, por exemplo, que Santa Catarina faz consultas extremamente tímidas ao órgão, e geralmente relacionadas a patentes industriais.

“Mas e o registro das marcas?”, questiona Batista.

A criação de marcas de valor é uma estratégia, diz, que se aplica a todos os segmentos (turístico, gastronômico, cultural, entre outros). Para trilhar este caminho, a nova diretoria da ADVB desenvolverá nos próximos dois anos um forte calendário de eventos e ações amparadas nos pilares capacitação e reconhecimento, que se inicia já a partir de abril.

Em relação à capacitação, Batista cita como exemplo a iniciativa “ADVB Inspira”, que será desenvolvido em parceria com o Sebrae e tem como proposta realizar uma serie de eventos itinerantes em todo Estado, levando personalidades de vendas para conversar com empreendedores, sempre com foco na importância de agregar valor às marcas.

“É importante destacar que grandes empresas catarinenses começaram bem pequenas e são exemplos que podem realmente ‘inspirar’ quem está começando ou não conhece os caminhos para o crescimento”. A mesma temática será abordada em encontros com startups, por meio de uma parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate).

Além destes eventos, Batista destaca a realização de fóruns e eventos internacionais, dois deles já confirmados: uma palestra de Noel Capon, professor da escola de negócios da Universidade de Columbia (EUA), quando será lançado o livro “Gestão de marketing para executivos brasileiros”, e uma segunda palestra (viabilizada a partir de uma parceria com a Acate, Unisul e Teltec Solution), com diretor do centro de inovação da Nasa (EUA), Kumar Krishen, com o tema “Como nos preparar para o futuro?”.[/vc_column_text]

No que diz respeito ao reconhecimento, o presidente da ADVB lembra que em 2019 a entidade completa 35 anos e que nesta trajetória criou premiações de alta credibilidade, que dão destaque a cases de sucesso, como os já conhecidos ‘Personalidade de Vendas’, direcionado aos empresários, e ‘Top de Marketing’, que premia cases empresariais.

Mas a partir do princípio de que é necessário valorizar para estimular o crescimento, a nova diretoria promove este ano uma edição especial do ‘Empresa Cidadã’ (que completa 20 anos) e institui o ‘Prêmio Antunes Severo Profissional de Marketing e Vendas do Ano’, que tem como objetivo reconhecer o valor do profissional responsável pelas vendas.

Nesse caso, a ideia é eleger um profissional em cada uma das seis grandes regiões do Estado e anunciar o vencedor em novembro, na mesma cerimônia em que acontece a entrega do Top de Marketing.

“Em relação ao Empresa Cidadã, é importante destacar que lançamos este tema quando ainda não se falava sobre isso e com isso contribuímos para que responsabilidade social e sustentabilidade passassem a fazer parte da pauta das empresas. Hoje, os empresários sabem que uma empresa cidadã é uma empresa de sucesso”.

A nova diretoria da ADVB é composta por 42 profissionais, líderes em seus segmentos e provenientes de todas as regiões do Estado, e esta decisão, conforme Batista, tem como objetivo vencer três grandes desafios que a entidade tem: a representatividade de segmentos, a representatividade regional e a ampla divulgação da associação.

“Trata-se de uma entidade com muito reconhecimento e prestígio, mas queremos avançar ainda mais, e tornar a ADVB ainda mais conhecida, não apenas no universo dela, mas para a sociedade como um todo. Cada diretor será uma espécie de embaixador da entidade em seu segmento e região, e para ampliar a capilaridade de nossas ações, vamos divulgar várias campanhas em diferentes plataformas, mostrando como o cidadão, o empreendedor e o empresário podem usar a entidade em seu benefício”, conclui.

[/vc_column][/vc_row]