Chegamos ao final de 2017 e todos sabemos que, novamente, não foi um ano fácil. Mas a boa notícia é que os principais indicadores da economia apontam para uma retomada do crescimento.
Inflação estabilizada e juros em queda, juntos, têm o potencial de elevar o nível de confiança de empresários e consumidores. Os primeiros, voltam a investir e, os segundos, a consumir além do somente essencial. A reforma trabalhista também deve ajudar na recuperação dos postos de trabalho perdidos nos últimos anos, o que é um grande incentivo para o círculo virtuoso da economia.