O ano de 2018 é realmente muito especial para a RDO Construções, e as entregas dos dois residenciais que marcam este primeiro semestre são o que se pode chamar de “a cereja do bolo” deste período de comemoração: tanto o ‘Águas de Março’ quanto o ‘Oceano’ – ambos localizados na região do Estreito – tiveram seus projetos de interiores totalmente desenvolvidos pela própria equipe da empresa. Eles foram os primeiros, e a partir de agora esta será uma prática comum nos empreendimentos da RDO, mas não necessariamente uma regra.

DUAS ENTREGAS DA RDO MARCAM NOVA ESTRATÉGIA, A DE DESENVOLVER TAMBÉM PROJETO DE INTERIORES DOS EMPREENDIMENTOS


O ano de 2018 é realmente muito especial para a RDO Construções, e as entregas dos dois residenciais que marcam este primeiro semestre são o que se pode chamar de “a cereja do bolo” deste período de comemoração: tanto o ‘Águas de Março’ quanto o ‘Oceano’ – ambos localizados na região do Estreito – tiveram seus projetos de interiores totalmente desenvolvidos pela própria equipe da empresa. Eles foram os primeiros, e a partir de agora esta será uma prática comum nos empreendimentos da RDO, mas não necessariamente uma regra.

Na visão de Luise Deschamps, arquiteta da RDO, o  que pode parecer um “pequeno” detalhe, na verdade se apresenta como um ganho substancial para o processo completo, que se inicia nos primeiros esboços, ainda como ideias, mas só se encerram com a entrega das chaves, quando o objetivo é surpreender positivamente os clientes, oferecendo sempre mais do que os futuros moradores esperam de suas novas moradas. “Temos uma equipe sintonizada e competente, e por vivenciarmos o dia a dia da obra, temos o ‘timing’ ideal, conseguimos estar mais presentes na obra, manter uma proximidade com os clientes. Isso é muito importante”, explica.

Para dar conta deste novo desafio, a equipe de arquitetos da RDO se mantém atenta a novas tendências, que são obtidas tanto em feiras especializadas quanto junto a representantes, especialmente de produtos de acabamento.”A ideia é continuarmos sendo referência, e para isso temos trabalhado bastante para sempre fazer o melhor. Nossa intenção, é reforçar, por meio desses empreendimentos atuais, a forma como a empresa se apresenta ao mercado, evidenciando nossa força na questão da estética, o que se constitui não em uma mudança, mas em uma evolução da cultura da empresa”, ex­pli­ca Roberto Deschamps, Diretor Técnico da RDO. Segundo ele, a partir da identificação de demandas que surgem nas solicitações dos compradores, o departamento de alteração de plantas consegue, por exemplo, elencar alternativas que podem vir a incrementar projetos futuros.

Diferentes em suas características particulares, juntos, os dois residenciais representam com maestria o momento que a empresa vive ao completar 35 anos de atuação (veja matéria na página 35). Além das novidades em relação à elaboração dos projetos de interiores, as características desses imóveis representaram um novo desafio em relação às vendas, uma vez que ambos diferem do padrão comum aos imóveis da região continental. “Todos esses esforços que empreendemos valem muito a pena”, explica Nestor Deschamps, diretor comercial da RDO.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

ÁGUAS DE MARÇO ELEVA PADRÃO CONSTRUTIVO


O Residencial Águas de Março, localizado na rua São José (no bairro Balneário), recebe da arquiteta Luise elogios bastante expressivos. Segundo ela, dos empreendimentos já construídos pela RDO, este é, com certeza, o de mais alto padrão construtivo.

“Caprichamos muito nos detalhes arquitetônicos, dedicando muito cuidado tanto nas  unidades quanto nas áreas de uso comum”, conta.

Nesses ‘detalhes’ começam a ficar bem evidentes os resultados da atenção com as tendências apresentadas em feiras e pelas empresas de revestimentos e materiais de acabamento. Na Expo Revestir (considerada a ‘fashion week’ da arquitetura e construção), em 2017, por exemplo, foram apresentadas  novidades como o revestimento Green Pool (de coloração esverdea­da, que se destaca, além de seus tons e nuances, pela praticidade e facilidade na limpeza e manutenção) e os porcelanatos que fazem referência aos materiais nobres,  como o travertino. Ambos estão presentes no Águas de Março, formando um conjunto harmonioso, chique e aconchegante, enriquecido com esquadrias bronze e vidros refletivos com dourado.

Outras novidades foram a colocação de silestone nas bancadas do salão de festas e a instalação de equipamentos de Bluetooth  nas áreas comuns, com caixas de som embutidas no teto, seguindo a premissa de que uma nova moradia deve oferecer mais recursos do que a casa anterior. A prioridade foi combinar requinte, aconchego e modernidade, o que começa a ser percebido já no grande terraço na entrada, onde madeira, muito verde e flores são um convite ao convívio.

O perfil dos compradores mostra que o empreendimento foi escolhido principalmente por famílias, com um ou dois filhos, que buscam melhorar o padrão de moradia. Além do salão de festas, os moradores terão à disposição piscina, home cinema, brinquedoteca e fitness.

Nas unidades, pela primeira vez a RDO utilizou piso polido nas áreas sociais e laminado nos dormitórios, objetivando ampliar a sensação de aconchego. E um detalhe: nos apartamentos de final 01, foi utilizada uma ‘pele de vidro’ na sala, com o objetivo de  valorizar o espaço social e proporcionar uma privilegiada vista para o mar.

As chaves das unidades (com metragens que variam de 92 m² a 130 m²) começaram a ser entregues no início de abril, e desde o princípio, segundo Luise Des­champs, o feedback foi bastante positivo. “Foi muito bom começar a ver pessoas felizes circulando pelo empreendimento. Ficamos realizados quando isso acontece”, afirma.

FOTO: Divulgação

OCEANO SERÁ REFERÊNCIA


Impactante. Essa palavra consegue passar uma ideia do que se pode esperar do Residencial Oceano, localizado próximo à beira mar continental, e com entrega programada para o mês de junho.

As surpresas começam já no halll de entrada, de acabamento esmerado, com piso em mármore de carrara e lustre pendente de cristal. Diferentemente do Águas de Março, o Oceano é um residen­cial com poucas unidades (apenas 15) e áreas comuns, em que a valorização maior do imóvel reside justamente no desenho das plantas, que possuem 144 m², com apartamentos de quatro suítes. A combinação entre o preto e o branco na fachada confere ainda mais requinte ao empreendimento.

Especialmente adequado para pessoas  que preferem a privacidade e têm, normalmente, o hábito de reunir amigos no aconchego do lar, o residencial Oceano oferece ambientes interligados – sacada gourmet,  a sala espaçosa e a cozinha – que criam um amplo espaço social, com o ‘plus’ da vista para o mar.

As áreas comuns não são muitas – salão de festas, fitness e brinquedoteca – mas receberam projetos bem elaborados e esmero nos acabamentos, na proporção do requinte condizente com o empreendimento. A exemplo do que foi feito no Águas de Março, também no Oceano o projeto prevê a colocação de porcelanato nas áreas sociais e laminado nas áreas íntimas, e de acordo com Luise Deschamps, as principais alterações solicitadas pelos compradores foram relacionadas à mudança de revestimento e pontos elétricos.

As características, segundo, Nestor Deschamps, atraíram especialmente famílias mais maduras, com filhos adultos, que buscam conforto e alto padrão construtivo, numa localização privilegiada.

“Com esses dois empreendimentos, seguimos uma proposta de trazer opções de moradia de alto padrão para a região continental, o que até pouco tempo não era uma realidade. Isso demandou um empenho diferenciado em nossa equipe de vendas, que junto das características dos residenciais vendeu, também, os benefícios de se morar no continente”, conclui.

FOTO: Divulgação