Venda de produtos sem tributação, palestras e manifestações em diversas cidades catarinenses serão ações para conscientizar consumidores sobre o peso dos impostos.

Venda de produtos sem tributação, palestras e manifestações em diversas cidades catarinenses serão ações para conscientizar consumidores sobre o peso dos impostos 

De acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) Brasil divulgada nesta semana, embora o peso dos impostos seja uma das maiores reclamações do consumidor, 74% das pessoas não sabem quanto eles representam nas compras. Para demonstrar o tamanho dessa fatia, serão desenvolvidas ações em pelo menos 22 cidades de Santa Catarina nesta quinta-feira, dia 30. A organização é das CDLs Jovem, com articulação da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL/SC).

Em média, o brasileiro trabalha 153 dias (equivalente a cinco meses) por ano apenas para o pagamento de impostos, e em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada imposto e está em último como país que melhor retorna o valor em benefícios para a população. O Dia Livre de Impostos nasceu para manifestar a insatisfação com a tributação abusiva que limita o poder de consumo da população, além de servir de freio para o crescimento econômico do país.

Na data, os estabelecimentos participantes comercializarão produtos aplicando desconto no valor que normalmente é consumido por taxas de tributação. Os lojistas recolherão junto ao governo normalmente o imposto referente a esses produtos, embora não haja o repasse da cobrança ao consumidor nestas ações.

O líder lojista Walmor Jung, vice-presidente de Aperfeiçoamento Empresarial e CDL Jovem da FCDL/SC, lembra a importância das ações articuladas nesta data.

“A proposta do DLI é promover uma data de conscientização para a população sobre as altas cargas tributárias pagas no país. Assim conscientizamos os consumidores quanto ao real impacto dos impostos em suas vidas e aumentamos seu poder de consumo por um dia”, reforça Jung.

 

Algumas das ações por cidade:

Balneário Camboriú – palestra para estudantes, exposição no Atlântico Shopping e passeata na região central.

Blumenau – lojas participantes e identificadas dos shoppings Neumarkt e Norte Shopping participarão com vendas sem impostos.

Chapecó – mais de 100 lojas comercializarão produtos sem a cobrança de impostos.

Concórdia – em ação antecipada, dois postos venderam 1 mil litros de gasolina comum em cada estabelecimento.

Florianópolis – venda de dois mil litros de gasolina comum com desconto de 42% no Posto Continental, e de pizza com 40% de redução na Pizzaria Estrela da Ilha.

Joinville – venda de três mil litros de gasolina comum, 200 pizzas e produtos do comércio de rua e de lojas do Shopping Mueller sem a cobrança de tributos.

Lages – ‘apitaço’ às 15h entre a rua Correia Pinto e o calçadão Túlio Fiuza de Carvalho, onde haverá tenda com cartazes sobre a carga tributária. Antecipadamente, no dia 27 já aconteceu o Painel de Lideranças sobre o tema.

Tubarão – A previsão da CDL é que 100 lojistas, identificados, ofereçam produtos sem os tributos.

 

Ilustração: Divulgação