Dois ambientes presentes nesta edição da CasaCor Santa Catarina têm como foco a mulher com mais de 40,  suas conquistas e necessidades: o “Quarto Entre Fases”, projetado pelo arquiteto Michael Zanghelini e as designers Andreia Bocchi e Jeane Silva,  e o “Living da Arquiteta”, assinado pela arquiteta Grazi de Souza.

Michael Zanghelini, Andreia Bocchi e Jeane Silva | Fotos: Lio Simas/Divulgação

Planejado para uma mulher forte, autêntica e que não abre mão de conforto. Assim pode ser definido o quarto Entre Fases. Quem assina o projeto é o arquiteto Michael Zanghelini ao lado das designers Andreia Bocchi e Jeane Silva, que estreiam na Casa Cor Santa Catarina em 2019. O ambiente de 23 metros quadrados se destaca pela simetria e pelo equilíbrio, que podem ser vistos na cartela de cores, na escolha das texturas e também na seleção do mobiliário. Para garantir uma composição harmoniosa, o trio de profissionais apostou no minimalismo. Usar apenas o necessário, sem excessos, foi o grande desafio. Isso porque é preciso fazer escolhas certeiras para assegurar o conforto necessário. Aliás, leveza é a palavra de ordem aqui. A paleta de cores segue essa proposta. Há diferentes tons de rosa, que se alternam entre nuances claras e mais escuras justamente para garantir equilíbrio. “Os tons escolhidos reforçam a grandiosidade do espaço e dão a sensação de aconchego”, dizem os profissionais.

O roupeiro segue por essa linha. Por ser transparente, funciona como uma janela. O painel em vidro prata pode ficar translúcido ou espelhado, de acordo com a incidência de luz. Uma ótima sacada para iluminar o espaço de um jeito bem natural. Esse cuidado com o conforto, tanto funcional como estético, também se estende à disposição das peças do ambiente da Casa Cor SC. Para fugir do comum e garantir mais fluidez, os profissionais optaram por dispor a cama no centro do ambiente. Dessa forma, liberaram espaço nas paredes e também conseguiram obter uma circulação melhor. O modelo escolhido foi o Orbitale, da Natuzzi, confeccionado em couro proveniente da Europa. Aliás, é a primeira vez que a peça está em uso no Brasil. “Escolhemos uma cama que assegura conforto, alta qualidade e um design simples, minimalista, do jeito que buscávamos”, afirmam os profissionais.

Mix and Match

Outro destaque é o painel da TV, esculpido em mármore polido, da Michelangelo. Repare que na parte superior há uma quebra natural. Tal característica confere um charme a mais no ambiente, além de proporcionar integração e luminosidade entre os espaços. A mistura de acabamentos em madeira com o próprio mármore e também com o porcelanato garante um ar natural à composição. No piso, destaque para o porcelanato Lumina Marquina, da Portinari. “É uma mistura sem exageros, luxo na medida certa, para um ambiente de descanso”, afirmam. Tudo isso é arrematado com o tapete liso na cor rosa, apenas com recortes e costuras. É a simplicidade a favor da harmonia. Enquanto os tecidos e a roupa de cama têm cores mais neutras, como o linho, os móveis em madeira escura dão pinceladas de sobriedade. A ideia era misturar estilos, sem amarras, para garantir um quarto totalmente fora dos padrões.

Arte para dar personalidade

A pintura de Paulo Ricardo Campos se destaca no ambiente. Isso porque a tela reforça as características do quarto, pensado para uma mulher forte, versátil, decidida e que não abre mão do conforto. “É uma obra que representa bem figuras humanas em grandes dimensões, trabalha bem o realismo, o que tem tudo a ver com a composição”, diz o trio de profissionais. As esculturas de parede assinadas pela artista Elis Teixeira e a frase da música Amarelo, do cantor Emicida, bordada pela artista Jana Garcia, arrematam a lista de escolhas em grande estilo. Outra prova da versatilidade do ambiente é o sistema de iluminação, que foi totalmente automatizado. Isso garante que o espaço mude totalmente de acordo com o desejado. “A composição luminotécnica com várias cenas muda completamente a atmosfera do espaço. O sistema de automação integra todos os equipamentos e o som”, comentam. Tudo pode ser controlado pela internet, o que torna o projeto completamente funcional. Em relação à iluminação, um dos destaques é a luminária assinada por Cristiana Bertolucci.

O projeto conta ainda com um lavatório, com cuba do designer premiado Jader Almeida, e uma adega, reforçando o conceito de que o quarto pode ser muitos ambientes em um só. Basta escolher os elementos certos e garantir que a leveza tome conta.

 

Espaço é uma celebração aos 40 anos de Graziele de Souza e marca o seu retorno à CasaCor Santa Catarina  |  Foto: Endrigo Righeto/Divulgação

 

Graziele de Souza | Foto: Endrigo Righeto/Divulgação

Sofisticação e equilíbrio no ‘Living da Arquiteta’

A elegância do estilo clássico é a aposta do Living da Arquiteta, espaço criado por Graziele de Souza para a CasaCor Santa Catarina. A riqueza de detalhes compõe com a simetria dos elementos e com a harmonia das cores utilizadas, o que confere equilíbrio ao projeto. O marco de vida da profissional – ela acabou de completar 40 anos – é a grande inspiração para este trabalho. “Com o passar do tempo vem o autoconhecimento. Resolvi que os meus 40 anos seriam a melhor época da minha vida. Fiz cursos, me aperfeiçoei e, depois de alguns anos fora da mostra, eu resolvi voltar com um projeto só meu”, explica a arquiteta, que expôs em 2010, 2011 e 2013. Ela conta, inclusive, que o projeto será transposto e adaptado ao próprio escritório, em Tubarão.

A ideia foi criar um ambiente ideal para receber amigos (e, no futuro, clientes). Por isso, o living conta com uma bancada-bar, que abriga uma mini-adega. Um espaço para ser desfrutado e “não montado só para a mostra”, como Graziele faz questão de explicar. A cuba assinada por Jader Almeida chama atenção – é para ser usada para lavar as mãos ou as taças, se necessário. A madeira dos móveis e boiseries faz uma combinação sensorial com outros revestimentos nobres. A lareira, por exemplo, é em Silestone e o painel e a bancada em Dekton – ambos da Consentino. O acabamento metal está presente em tons dourados. O piso, disposto em chevron, é vinílico.

A harmonia das cores também é uma marca: o rosa, o cinza suave e outros tons neutros complementam a paleta, que conta ainda com o preto presente no chesterfield de couro – o modelo, em linha reta, é uma releitura do original. Os detalhes recebem iluminação de arandelas distribuídas pelo espaço e grandes pendentes em cristal da Aver Metais. Tudo simetricamente disposto em linha reta (o que pode ser percebido em outros elementos, como na disposição de objetos da estante).

Toque artístico e pessoal

Um retrato da arquiteta pintado pelo artista plástico criciumense Luiz Casagrande quebra a seriedade do living com cores vivas e um certo ar de movimento. A ideia é imprimir a personalidade da profissional, que é alegre e dinâmica. Nas paredes, quadros com fotos assinadas por Patrícia Vieira (radicada em Florianópolis, mas natural de Tubarão), impressas em tecido especial, complementam a decoração. A formiga disposta na mesa de centro é do acervo pessoal da arquiteta, que ama doces. Ainda como ornamento, orquídeas naturais, as preferidas de Graziele, conferem graça ao ambiente.

Valorização do trabalho local

Graziele nasceu, vive e atua em Tubarão, no sul do Estado, de onde vêm os principais fornecedores para a montagem do espaço. Toda a marcenaria foi produzida pela Comelli Móveis (especializada no estilo clássico), de Tubarão. As cortinas foram confeccionadas pela Nandi Decorações, da cidade natal da arquiteta, que forneceu ainda todo o mobiliário complementar e as peças decorativas. A iluminação é fornecida pela Luz+ (Criciúma) e o piso Arquitech é da Casa e Arte (Braço do Norte).

 

Sobre a CASACOR: 

Empresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne anualmente prestigiados arquitetos, decoradores e paisagistas. Em 2019, serão 15 praças nacionais: São Paulo, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina (Florianópolis e Balneário Camboriú) e Ribeirão Preto. A mostra ocorre ainda em quatro praças internacionais: Bolívia, Estados Unidos, Paraguai e Peru. Veja mais em www.casacor.com.br.

Agende-se: 

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019

QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h

Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.

ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.

INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)

INFORMAÇÕES: contato@casacorsc.com.br / (48) 9 9938-3894

https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

 

 

Em destaque: “Quarto Entre Fases”: Texturas, cores e móveis em harmonia fazem do ambiente um recanto de bom gosto e tranquilidade  |  Foto: Lio Simas/Divulgação