O Café Cultura abriu a primeira franquia em Jurerê Internacional, esta semana. Instalada no Jurerê Open Shopping, a cafeteria possui 128 m² e capacidade para 54 pessoas, com espaço kids, coffee shop e área para pets.

É a 12ª unidade da rede, que ainda tem outras franquias na Capital, São José, Balneário Camboriú, Criciúma e Tubarão


O Café Cultura abriu a primeira franquia em Jurerê Internacional, esta semana. Instalada no Jurerê Open Shopping (ao lado do IL Campanario), a cafeteria possui 128 m² e capacidade para 54 pessoas, com espaço kids, coffee shop e área para pets. Seguindo o mesmo conceito da rede, a ideia é proporcionar experiências com café, servindo blends exclusivos da marca, em vários métodos e receitas. São cerca de 25 opções da bebida, desde os tradicionais espresso, passado e cappuccino; até gelados e shakes. Há também chás (quentes e gelados), sucos, smoothies, sodas italianas, kombuchas, além de alcoólicas (destilados e cervejas artesanais). Os clientes podem ainda degustar mais de 40 opções gastronômicas.

A loja é comandada pelos irmãos Bruna e Vinícius Gregoletto, que também são franqueados das cafeterias do Shopping Iguatemi e Passeio Primavera da SC-401.

“Decidimos investir novamente com esta terceira loja pois é uma franquia que está em expansão e ainda tem muito a crescer. E escolhemos Jurerê Internacional porque já deixou de ser apenas um destino de temporada. Há um bom público residente e que busca serviços e produtos de qualidade como o que o Café Cultura oferece”, afirmam os sócios.

A unidade de Jurerê Internacional é a 12ª da rede, que possui outras 11 lojas localizadas em Florianópolis, São José, Balneário Camboriú, Criciúma e Tubarão. A diretora e fundadora do Café Cultura, Luciana Melo, afirma que a presença em Jurerê Internacional era uma solicitação antiga dos clientes e também estratégica para a empresa.

“Esta nova loja faz parte do nosso plano de expansão, que visa consolidar ainda mais a marca em Florianópolis e avançar para outras cidades de Santa Catarina e os mercados gaúcho e paranaense”, destaca.

 

Foto: Michel Téo Sin / Divulgação