“Uma ideia e muita vontade”. É assim que o empresário Gilberto Steinmetz se refere ao início da história da Stylo Alumínio, empresa especializada na fabricação de esquadrias de alumínio, fundada por ele em 1985, em sociedade com o amigo Dilmar Francisco Coelho. A ideia era criar um negócio de sucesso e o desejo maior era se destacar em termos de qualidade, bom atendimento e comprometimento com todo o processo, do contato inicial com as construtoras à entrega e instalação das esquadrias.

ALIAR DEMANDAS E POSSIBILIDADES É UMA DAS ESTRATÉGIAS QUE FAZ A STYLO ALUMÍNIO COMEMORAR 33 ANOS DE SUCESSO.


“Uma ideia e muita vontade”. É assim que o empresário Gilberto Steinmetz se refere ao início da história da Stylo Alumínio, empresa especializada na fabricação de esquadrias de alumínio, fundada por ele em 1985, em sociedade com o amigo Dilmar Francisco Coelho. A ideia era criar um negócio de sucesso e o desejo maior era se destacar em termos de qualidade, bom atendimento e comprometimento com todo o processo, do contato inicial com as construtoras à entrega e instalação das esquadrias.

Em um segmento até então dominado por empresas que seguiam da qualidade.

“Como não tínhamos capital de giro para adquirir material, eu ia de obra em obra e, por meio de uma assessoria técnica, determinava padrões, produtos e quantificava o material. A compra era feita pela construtora junto aos fabricantes de perfis, e nós partíamos para a fabricação das esquadrias”, explica.

Segundo o empresário, um dos trunfos que tinha em mãos era o fato de não orçar unicamente em função do projeto, mas realizar a conferência dos dados in loco, considerando detalhes que se alteram no decorrer do processo construtivo. Esta, aliás, é uma prática que se mantém até os dias de hoje.

Passados 33 anos de um início difícil – mas que rapidamente alcançou admiradores – Steinmetz reafirma a receita do sucesso nos negócios: trabalhar de forma séria e conquistar a confiança dos construtores, desenvolvendo projetos que vão ao encontro daquilo que desejam, precisam e contratam.

“Sempre acreditei que é necessário aliar demandas e possibilidades. As construtoras buscam qualidade e precisam alcançar economia no processo e, naquela época, a maioria dos fabricantes de esquadrias não seguiam especificações técnicas e acabavam modificando projetos, principalmente em busca de preços menores.

O que nós fizemos diferente lá no início? Partimos para um assessoramento na qualificação dos materiais, esclarecendo o que têm maior qualidade, o que melhor se enquadrava nas necessidades e quais seriam os produtos adequados, com qualidade e respeito às normas técnicas. Conquistamos confiança, respeito e clientes”, relembra.

E know-how para compartilhar, também: quando a Alcoa (uma das três maiores empresa fabricantes de alumínio do mundo) deu início a um projeto de normatização na fabricação de esquadrias, entre centenas de empresas que atuam no Brasil, a Stylo foi uma das oito escolhidas para colaborar com informações valiosas para a criação de normas e procedimentos. Segundo Steinmetz, essa proposta trouxe otimização no processo de fabricação e consequente economia para os clientes a partir de um melhor aproveitamento dos perfis e minimização de perdas.

“Não tenho a ousadia de dizer que fui um exemplo, mas fui sempre muito detalhista, e buscava fazer o certo sempre, e nesse segmento o que vale é a transferência de conhecimento”, explica.

Com uma gestão sempre responsável, a empresa cresceu e se adaptou às mudanças do mercado e transições da economia. Essa segurança foi alcançada, sobretudo, graças à visão antecipada do mercado, que ampara o estabelecimento de parcerias com construtoras e a atualização constante de um valiosos banco de dados, que inclui o volume de alvarás de construção aprovados e de obras liberadas.

“Assim adequamos nossa empresa ao movimento do mercado, e nunca tivemos que enfrentar grandes sobressaltos”, conta o fundador da Stylo Alumínio.

Boa parte das construtoras atendidas atua na região da Grande Florianópolis, mas a empresa vem buscando firmar parcerias em outras regiões do Estado, sobretudo Camboriú e Vale do Itajaí.

“Para 2018 e 2019 temos surpresas guardadas, São ‘cartas na manga’, que só colocaremos na mesa no momento certo”.

[/vc_column_text]

SEGUNDA GERAÇÃO NO COMANDO


Em maio de 2008 a empresa passou por uma mudança no estilo de gestão, motivada basicamente pela evolução do mercado – que segundo Gilberto Steinmetz, exigiu ações pontuais para adaptação à nova realidade – e pelo próprio crescimento do negócio.

“Dividimos o processo em três gerências – administrativa, de produção e técnica e comercial – e cada uma delas foi delegada a profissionais que fazem parte da segunda geração da Stylo. Cabe a eles, atualmente, manter a empresa no caminho do ‘crescimento responsável’, sem perder a sintonia com o estilo de gestão inicialmente implantado na empresa, que se baseia na oferta de assessoria técnica, na proposta de fazer bem feito, de respeitar os prazos e de estabelecer parcerias valiosas”, explica o fundador da empresa.

Assim, Eduardo Martins Steinmetz e Andrey Coelho – filhos dos fundadores da Stylo e responsáveis respectivamente pelas gerências Administrativa e de Produção -, e Joel Tarciso da Silva (que responde pela Gerência Técnica e Comercial) são, hoje, a linha de frente da fábrica de esquadrias, que possui uma empresa ‘derivada’ de sua estrutura (a 3G Alumínio). No total, são 92 funcionários compondo uma estrutura adequada para atender a demanda dos clientes, na maioria (80%) por empresas da Grande Florianópolis.

“Os três foram treinados para fazer isso. E ainda hoje, algumas vezes a minha presença se faz necessária para lembrar aos clientes que a Stylo continua sendo a empresa fundada há 33 anos, com seus conceitos e propostas de trabalho, e com aquele mesmo DNA carregado de história”, finaliza Gilberto Steinmetz.

[/vc_column][/vc_row]