As diretorias da Associação Catarinense de Supermercados (Acats) e da Federação das Associações Empresariais de SC (Facisc) inauguram nesta quarta-feira (12/12) , às 10h, nova sede que abrigará a estrutura das duas entidades. Com cerca de 8,1 mil metros quadrados de área construída, a obra utiliza tecnologias modernas e sustentáveis.

Objetivo é ampliar e melhorar atendimento aos associados


As diretorias da Associação Catarinense de Supermercados (Acats) e da Federação das Associações Empresariais de SC (Facisc) inauguram nesta quarta-feira (12/12) , às 10h, nova sede que abrigará a estrutura das duas entidades. Com cerca de 8,1 mil metros quadrados de área construída, a obra utiliza tecnologias modernas e sustentáveis. O prédio está situado no lado continental de Florianópolis, na Rua Visconde de Cairú, 391, Bairro Estreito.

Com esta iniciativa, as duas entidades buscam melhorar e ampliar o atendimento aos seus associados, bem como criar sinergias que possam trazer benefícios mútuos dentro do que preconiza o movimento associativista catarinense.

A obra, com projeto arquitetônico do escritório Bragaglia de Arquitetura, tem quatro pavimentos e três níveis de subsolo de garagem. Possui recepção, espaços administrativos, auditório para até 180 lugares, três salas para capacitação, restaurante/salão de festas e demais dependências.

A obra foi edificada em um terreno de propriedade da Acats, adquirido em 1987, na gestão do presidente Nereu Guidi, quando a entidade projetava uma expansão para futuras gestões, o que acabou acontecendo agora em parceria com a Facisc.

O presidente da Acats, Paulo Cesar Lopes, afirma que a mudança certamente ampliará o volume e a qualidade no atendimento aos associados, em especial na ampliação da oferta de oportunidades de qualificação e requalificação profissional de todas as categorias que atuam nas lojas de supermercados.

“Temos com a Facisc uma sólida parceria que não se resume à divisão do espaço conjunto deste novo e moderno centro empresarial. O Associativismo está no DNA das duas entidades e certamente será o meio de proporcionar novas e produtivas ações conjuntas focadas no desenvolvimento empresarial e econômico catarinense, objetivo comum de nossa atuação”, afirma Lopes.

As entidades investiram R$ 20 milhões no edifício que poderá oferecer estrutura para atender seus representados. Além disso, um dos objetivos de trazer as entidades para o continente foi contribuir a favor da mobilidade da capital que tem tráfego intenso de veículos.

“Esta obra é um sonho antigo. Agora temos um espaço mais adequado para atender nossas Associações e empresários e oferecer cada vez mais soluções em prol do crescimento sustentável de Santa Catarina”, ressalta o presidente da Facisc, Jonny Zulauf.

 

Foto: Divulgação